Alergia – Poema/Jazz

Então Eu queria te dizer Que todas as vezes que pensei em você Foram em vão   Eu fui calmo, atento, mas por dentro eu me enganava e também te iludia Com propostas indecentes durante a luz do dia Eu não me importava com nada   Um tormento que me tocava os pés durante a…

O andar que não existia

Ela morava no prédio E o seu andar não existia O elevador andava de lado Ela era feia e muito linda Era também vegetariana Mas só quando fumava Ou bebia. Transitava pela viela Com pressa e sentava às escuras no único Ponto de luz da cidade. Queria sentar, sair, sumir! Mas tudo que fazia Não…

Ilesa

Não é só sexo É o cheiro É o batimento acelerado do primeiro beijo Beijo cheio de paixão, intenso A mão boba As descobertas, o olhar O proibido O inesperado E o sexo… Muito sexo É como se eu fosse uma velha, presa num corpo jovem A Juventude é algo que só se sente falta Quando…

A primeira vez que vendi meu corpo.

Foi aluguel na verdade. Não foi a última, mas foi a mais marcante. No começo a gente não entende bem, acha que é algum privilégio e que vai ter prazer. Não há prazer Mas te ensina sobre limites Até que ponto eu consigo seguir firme? Por ‘firme’, quero dizer ‘duro’ O cuspe, o escárnio, as…

O tempo é um meio de se perder em si. – Poema

A solidão é medida em segundos. Mas não da forma que você está pensando. Segundos daquele abraço que se dá quando se encontra alguém com quem já compartilhou uma história de sangue ou espírito. Sabe quando sua voz parece esquisita quando sai? Praticamente desconhecida. O rosto cada vez menos reflete no espelho do quarto. No…

Mordaça – Poema

Perguntou de todas as coisas, de todas as formas sem perguntar nada, Parou em cima de mim sem encostar, Para cá veio sem sair de casa. Em toda minha vida, nunca ouvi nada mais lindo que seu silêncio E nada mais feio vi que o seu amor. Eu só queria poder falar com ela mais…