Limites – Crônica

Quando você sai de um relacionamento traumático existe uma certa alergia a qualquer tipo de apego e ínfimo sinal de afeto. Você sai sem rumo, sem ritmo, e procura pessoas que você não vai se lembrar o nome daqui a 3 anos. Assim Ella fez nos quatro primeiros meses de liberdade que sucedem uns quase…

Cinza Chumbo

Depois de uma noite mal dormida, ela acorda e pergunta se pode usar minha escova de dentes. Eu não durmo bem se eu não durmo sozinho, acordo mal humorado e não gosto de conversar no café da manhã. Ela não cala a boca desde que acordou, ocupou a minha cama inteira e quer usar a…

Dias azuis – Poema

  . Eu gosto quando chove o céu inteiro quando chove à exaustão que nem o céu se aguenta grisalho e chove até ficar azul. é o céu dizendo não há dia ruim que não termine não há vento que não cesse não há chuva que não pare mesmo que chova muito e que chova…

Gerard e Andy

PÁ! Ela bateu com a mão na mesa alta, olhou para os três e disse: – Quais são os planos para essa noite? Ela já tinha os planos dela; Ela ia trepar com o cara do meio mas não tinha decidido ainda se ele era bonito. Depende – disse Gerard – Quais os planos de…

A última parada de ônibus – Conto

Venâncio tem uma vida decente e um nome de merda. Não seria tão merda se Venâncio pertencesse à geração dos filhos da Angélica, que tem nomes escrotos, assim como todas as crianças de sua geração. Venâncio tem 25 anos em 2017 e isso significa que ele era o único da sala com nome de avô…

Uma noite e 8 anos

Uma noite: Eu, Maria, Martina e Sofia estávamos sentadas no lobby de um hostel na Cockburn street, próximo ao centro de Edimburgo. Havia sido um dia de inverno típico à ilha britânica: nublado, ameaça de chuva, não chove, abre o sol, nubla de novo e duas horas depois que amanheceu escureceu porque inverno é assim…