Inesperado

Se eu soubesse que sexo resultava em amor eu não transava.
Mas eu me esqueço, sempre esqueço.
Esqueço que se ele me olha e sorri
e o sorriso é mais que luxúria
o olho mergulha
nos seus olhos verdes transparentes.
“me basta mirarte para saber que con vos me voy a empapar el alma”
disse Neruda
E se eu não virar de costas e fingir que ele não está lá
ele está mais do que eu estou
e eu estou nele
subitamente
me perdendo em cada vértebra da sua coluna
e suspirando
profundamente
pensando que a sua loucura e a sua euforia
talvez me lembre um pouco da minha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s