O tempo é um meio de se perder em si. – Poema

A solidão é medida em segundos. Mas não da forma que você está pensando.

Segundos daquele abraço que se dá quando se encontra alguém com quem já compartilhou uma história de sangue ou espírito.

Sabe quando sua voz parece esquisita quando sai? Praticamente desconhecida.

O rosto cada vez menos reflete no espelho do quarto.

No banheiro, onde é inescapável, vira o olhar.

São 73 anos de vida

e em muitos deles, agora do final,

só.

 

Fazer o que dá vontade não funciona a longo prazo.

O conjunto das minhas ações me colocaram aqui e agora nessa situação.

Deus entrou em minha vida diversas vezes e saiu em todas.

A fixação em objetos do tempo em que se era feliz

só trazem melancolia.  Me mantive longe da bebida

tempo demais.

O suficiente para entender suas consequências.

O crucifixo seguiu fixado na parede esse tempo todo. E a “fixação na fase oral”…

psicanálise nunca me agradou,

sempre colocando a culpa dos problemas em tempos

que não nos recordamos.

Passei a dar “boa noite” em voz alta antes de dormir, pra não me esquecer de como era a minha voz.

Pra não esquecer de quem eu realmente sou.

— Boa noite.

— Boa noite…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s