Um poema para mim achado durante a faxina.

Não quero mais implodir
Vou gozar
Explodir
Pôr pra fora tudo, tudo

Chega de ficar jogando os sentimentos
Pra dentro
Vou vomitar agora
E quero quer você veja

Vai vontade
Desejo
Tem que ter
Fogo
Pra quem
Só vai comer
Farinha do desejo
Vinho
Erro

Errei. Gozado
Esse erro.
úmido, molhado
malditoso rêgo

Olhos brilhantes
Libra
Arte de
Levantar peso
Leve
Como ar

Me carrega
Gostoso
Fico
Quero ficar

Lembra do dia
Da cachaça?
Me embriaguei e você
No vinho

O elefante sempre volta
Não importa o tamanho
E qual seja sua forma

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s