Discípulo – Poema

Eu sou o discípulo de Diágoras

O primeiro ateu

Que sempre ofendeu

Os adoradores do olimpo

Eu sou discípulo de Demócrito

que diagnosticou

que a crença é fruto do medo

do desconhecido

eu sou discípulo dos cientistas

que admitem a incompetência da ciência

ao não explicar algum fenômeno.

Eu sou discípulo de Protágoras

que teve os livros queimados ao defender que

“O homem é a medida de todas as coisas,

das coisas que são, enquanto são,

das coisas que não são, enquanto não são.”

Sou discípulo de Pitágoras e Tales

Que buscam na natureza da matéria

E das relações matemáticas

As respostas das questões irrespondíveis .

Eu sou discípulo dos gregos

Que adoram um beijo negro.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s