Receita De Aligot

Ao abrir a porta da geladeira, vi que o creme de leite, meio aberto, vazou, formando uma estalagmite na prateleira de baixo.
As batatas já estavam fervendo, com casca e tudo. As cascas daquele quilo de batatas já estavam começando a rachar. Logo comecei a despi-las. Elas tinham corpos quentes, bem macios, amassei com meus dedos, até vazarem entre eles, escorrendo em pedaços macios e empelotados. O fogo que estava alto, baixei lentamente, e comecei, com uma colher de PAU a fazer movimentos em “oito” naquele purê. Estava um pouco difícil de penetrá-lo, então unmetodo-billings-3tei a colher com um pouco de óleo… manteiga mesmo. abri a geladeira e peguei os queijos que tinham – um mineiro meia cura e um gruyere. Com um ralador, botei tudo. a medida é fácil, quando achar que é muito queijo, meta mais e mais. Não deixe a coisa ficar sem sal. Meio copo daquele liquido cor-de-neve – o creme estalagmítico –
seguindo mexendo, até que virasse um liquido viscoso, como se colasse os dedos indicador e polegar, ao esfregá-lo.
Agora é só botar na boca e saborear.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s