Perfil

– ao som de ALMOST CUT MY HAIR soundcloud | spotify –

Numa noite na minha cama, lendo uns textos e poemas antigos, de uns 10 anos atrás ela me perguntou “o que aconteceu com esse cara?”. “quebrou.”, respondi. “ele parecia apaixonado.” Parei, olhei pra ela, com a cara meio derretida, de lado, com a mão meio mole segurando o queixo e disse “Ninguém aguenta ficar apaixonado assim por tanto tempo, é uma ilusão. No fundo ele só estava deprimido.”
Não sei porque ela às vezes insistia nesses papos moles, ela gostava mesmo era de força. Da intensidade dos meus textos e das metidas quando estava de quatro. Tapas e puxões não podiam ser intermediários. Doía-me a mão, parecia que quebraria aquele corpo de 47 quilos a qualquer momento. Em muitas situações, forma de pensar ou ver a vida, somos a mesma pessoa. Seria nossa transa uma grande masturbação transcendental?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s