SUGA

Todas elas, nunca vi, têm filhos, traumas e ex-maridos. Pra mim os três são a mesma coisa. Não os filhos… Digo, às vezes são legais.
O relógio está batendo, se é que bate pra nós. Mas gosto deles. Queria uma casa cheia deles, talvez. Noutro dia, nem tanto: quero ser um andarilho sem porto seguro.
As empresas de ônibus me entendem: Pedem a data de ida; Mas no campo volta é “(opcional)”.
Sou um cara que não dorme em viagens. Na verdade não sou de dormir muito, ou de comer. É engraçado. Ultimamente, não há um dia que acordo indisposto, com sono atrasado. Tipo aqueles que você volta a dormir três, quatro, cinco vezes. Mas a última que me envolvi, quando fico com ela e depois durmo… Nossa… Acordo assim. Ela suga minha energia. Parece um buraco negro, absorvendo todo resquício de luz e energia que há em mim. Preciso aprender a dispensar essas pessoas depois da foda.

Preciso.

20160801_220757

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s