Abstinência – ANITA 

A pele se eriça É o dia que cada milímetro do corpo Pede por sexo Se eriça por sexo A bunda um tanto mais voluptuosa Enche a mão  O pescoço se arrepia, involuntariamente Seja lá quantos banhos tome Ela pede por sexo E quanto mais infantil o dia se faz Mais ela grita por sexo…

Ilesa

Não é só sexo É o cheiro É o batimento acelerado do primeiro beijo Beijo cheio de paixão, intenso A mão boba As descobertas, o olhar O proibido O inesperado E o sexo… Muito sexo É como se eu fosse uma velha, presa num corpo jovem A Juventude é algo que só se sente falta Quando…

Telescópio Japonês

— É isso aqui ó — Disse Lúcio, colocando um objeto cilíndrico em cima da mesa. — Que. Porra. É. Essa? — Perguntou Filipe. — Isso aqui é o masturbador japonês TENGA AIR-TECH STRONG — Pegou aquele objeto e fingiu olhar o céu como um telescópio — É o que…? — Masturbador, cara. É só meter a pica…

Pipoca

Na sala está sentado um homem. À sua frente se apresenta o mundo como uma tela de cinema. Chega uma mulher, chorando. Chega um senhor, chorando de alegria. Chega uma senhora cansada, puxando um menino pelo braço. Ela vai até a recepção, entrega alguns documentos e se senta. A vida passa lenta na sala de…

TÔ GUARDANDO COCÔ DENTRO DO FRIGOBAR DO HOTEL – Crônica

HOMEM: Eu era foda na infância.  O picão das aulas de teatro. Sempre fumava maconha no camarim. Agora olha pra mim, Eu tô morando na porra de um hotel e amanhã eu tenho exame. Tô guardando cocô dentro do frigobar do hotel Do lado da latinha de Itaipava Deve ser horrível pra ele, como está…

A primeira vez que vendi meu corpo.

Foi aluguel na verdade. Não foi a última, mas foi a mais marcante. No começo a gente não entende bem, acha que é algum privilégio e que vai ter prazer. Não há prazer Mas te ensina sobre limites Até que ponto eu consigo seguir firme? Por ‘firme’, quero dizer ‘duro’ O cuspe, o escárnio, as…